top of page
jacek-dylag-PMxT0XtQ--A-unsplash.jpg
  • Foto do escritorJoão Paulo Koltermann

Tudo o que você precisa saber sobre os sintomas da depressão: identificação e tratamento

Atualizado: 8 de jun. de 2023

Quais são os sintomas da depressão?


Os sintomas da depressão podem variar de pessoa para pessoa, mas os mais comuns incluem sentimentos persistentes de tristeza, vazio e desesperança, baixa autoestima, dificuldade em dormir ou concentração, mudanças no apetite e peso, irritabilidade ou agressão aumentadas, alterações na libido e perda de interesse em atividades anteriormente apreciadas. A depressão também pode afetar os relacionamentos, levando a mudanças de humor e comportamento que podem colocar estresse nos relacionamentos. Além disso, a dificuldade em tomar decisões, sentimentos de inutilidade e falta de autoconfiança também são sintomas comuns da depressão. É importante buscar ajuda de um profissional se você estiver enfrentando algum desses sinais e sintomas.


Introdução

Os sintomas de depressão podem variar de pessoa para pessoa e podem variar de leves a graves. A depressão é um estado psicológico caracterizado por sentimentos de desesperança e desespero. As pessoas que estão deprimidas podem sentir que não conseguem sair da rotina, não importa o quanto tentem. Eles podem sentir como se estivessem presos em um buraco negro sem saída. Isso pode ser uma experiência angustiante e desanimadora.

Quando um indivíduo se sente sem esperança, pode ser um sinal de que está passando por um episódio depressivo. Os episódios depressivos são caracterizados por uma sensação generalizada de tristeza e desespero, bem como sentimentos de inutilidade, desamparo e desesperança. Para indivíduos que estão lutando contra a depressão, essas emoções negativas podem ser incrivelmente debilitantes e podem dificultar a visualização de qualquer fresta de esperança em suas vidas.

Se você está se sentindo sem esperança, é importante procurar ajuda. Existem muitas terapias disponíveis que podem ajudá-lo a gerenciar sua depressão e começar a se sentir melhor. Conversar com um terapeuta pode ser uma ótima maneira de começar a lidar com sua depressão. Existem também muitos recursos on-line que podem ajudá-lo a aprender mais sobre depressão e como lidar com ela.


Não sofra em silêncio — há ajuda disponível para você.


Pessoa recebendo suporte
A depressão e a comunidade

Quais são os sintomas da depressão?

A depressão é uma condição médica grave que pode afetar seriamente o humor, a energia, os pensamentos e a saúde física de uma pessoa.

Os sintomas mais comuns da depressão são sentimentos de tristeza, vazio, desesperança e baixa autoestima. Outros sintomas podem incluir problemas para dormir ou concentrar-se, ganho ou perda de peso, alterações no apetite ou hábitos de beber, aumento da irritabilidade ou agressão e alterações no desejo sexual ou na libido.

Depressão e relacionamentos podem ser uma mistura complicada. A depressão pode levar a mudanças de humor e comportamento que podem colocar estresse nos relacionamentos. A pessoa com depressão pode sentir como se fosse um fardo para seus entes queridos ou estar menos interessada em atividades que costumavam desfrutar. Eles também podem ter dificuldade em se comunicar ou se comportar de uma forma que apoie o relacionamento. Os parentes podem se sentir frustrados, drenados ou indefesos tentando lidar com a pessoa com depressão.

Além disso, a depressão é frequentemente caracterizada por uma dificuldade em tomar decisões. Isso pode ocorrer porque indivíduos deprimidos tendem a se concentrar nos aspectos negativos de qualquer escolha e são menos capazes de ver os potenciais positivos. Além disso, a tomada de decisões pode ser difícil quando as pessoas se sentem sobrecarregadas por suas emoções, o que é comum na depressão. Outro fator que pode contribuir para as dificuldades de tomada de decisão na depressão é a falta de autoconfiança ou sentimentos de inutilidade.

Se você estiver enfrentando algum dos seguintes sinais e sintomas de depressão, é importante obter ajuda.

Como a depressão é tratada?

O tratamento para depressão geralmente inclui uma combinação de medicação e terapia. Embora os medicamentos antidepressivos possam ajudar a aliviar os sintomas da depressão, a terapia pode ajudar as pessoas a entender e mudar os pensamentos e comportamentos que contribuem para sua depressão. O uso de medicamentos deve seguir as diretrizes de um psiquiatra e pode incluir antidepressivos, estabilizadores de humor e antipsicóticos.

Às vezes, a terapia pode ser de base psicanalítica, que ajuda os pacientes a identificar pensamentos e comportamentos negativos e perceber mudanças na vida. A psicanálise é um tipo de terapia que visa explorar os pensamentos, sentimentos e motivações inconscientes subjacentes aos comportamentos. A psicanálise é uma abordagem psicodinâmica da psicologia que enfatiza o papel dos processos inconscientes no comportamento. Foi desenvolvida por Sigmund Freud e tem sido amplamente pesquisada e praticada há mais de 100 anos.

Como a depressão pode ser evitada?

A depressão pode ser evitada por meio de uma combinação de estratégias, incluindo aumento do apoio social, diminuição do estresse e aumento de emoções positivas. Uma maneira de aumentar o apoio social é participar de um grupo de apoio ou participar de atividades sociais. A diminuição do estresse pode ser feita praticando técnicas de relaxamento, como respiração profunda ou meditação, e estabelecendo metas realistas.

Outra forma é garantir que uma pessoa tenha um bom sistema de suporte. Isso pode incluir amigos, familiares e terapeutas. Uma pessoa também pode tentar manter uma visão positiva da vida e fazer coisas que a deixem felizes Finalmente, é importante obter ajuda se você estiver se sentindo para baixo ou tendo pensamentos suicidas.

Conclusão:

Uma pessoa com depressão pode se sentir triste ou desanimada por longos períodos de tempo, perder o interesse em atividades que já desfrutou, ter problemas para dormir, sentir-se cansada o tempo todo e experimentar mudanças no apetite. Os sintomas da depressão podem ser muito debilitantes e interferir na vida diária. Se você estiver enfrentando algum desses sintomas, é importante procurar ajuda de um profissional. Existem muitos tratamentos disponíveis que podem ajudá-lo a se sentir melhor. Não sofra em silêncio. Há esperança, procure ajuda.

Referências para ler

Understanding the pathophysiology of depression: From monoamines to the neurogenesis hypothesis and beyond: Este artigo faz uma revisão dos principais modelos fisiopatológicos da depressão, desde a hipótese monoaminérgica até a hipótese da neurogênese e além. Ele discute as evidências experimentais e clínicas que sustentam cada modelo, bem como as limitações e desafios para sua validação. Ele também aborda as implicações terapêuticas e prognósticas de cada modelo, e sugere direções futuras para a pesquisa.


The Nature of Clinical Depression: Symptoms, Syndromes, and Behavior Analysis: Este artigo propõe uma abordagem comportamental radical para a depressão, enfatizando as ocasiões em que o termo é usado e desconsiderando qualquer estado unitário, fisiológico ou emocional subjacente ao qual o termo se refere. Ele argumenta que a depressão é um rótulo verbal que pode ser aplicado a diferentes padrões de comportamento que variam em função do contexto e do reforçamento. Ele também sugere que a análise do comportamento pode oferecer ferramentas conceituais e metodológicas para compreender e tratar a depressão.



0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comentarios


Los comentarios se han desactivado.
bottom of page