top of page
jacek-dylag-PMxT0XtQ--A-unsplash.jpg
  • Foto do escritorJoão Paulo Koltermann

Sintomas de Ansiedade: 7 Sinais de que Você Pode Estar Sofrendo com Ansiedade

Atualizado: 8 de jun. de 2023


Como saber se estou sofrendo de ansiedade?


Se você está se perguntando se está sofrendo de ansiedade, é importante estar atento aos sintomas que podem indicar a presença desse transtorno. Alguns sinais comuns incluem sentir-se constantemente preocupado, nervoso ou tenso; ter dificuldade para relaxar ou dormir; experimentar mudanças de humor extremas; ter dificuldade em se concentrar ou se sentir sobrecarregado; e experimentar sintomas físicos como dores de cabeça, ritmo cardíaco acelerado e dificuldade em respirar.

Se você estiver enfrentando dois ou mais desses sintomas, pode ser aconselhável buscar ajuda de um médico ou profissional de saúde mental. Eles poderão avaliar sua situação, realizar um diagnóstico adequado e recomendar o tratamento mais adequado, que pode incluir psicoterapia e outras abordagens terapêuticas. Não hesite em procurar apoio, pois a ansiedade pode ser tratada e gerenciada de forma eficaz com o suporte adequado.



Introdução

A ansiedade é um problema generalizado que assola milhões de pessoas. É uma condição que pode ser difícil de conviver. Estima-se que em 2019, 301 milhões de pessoas em todo o mundo estavam vivendo com algum dos transtornos de ansiedade (Organização Mundial de Saúde, 2022). A ansiedade pode assumir muitas formas que envolvem preocupação e medo excessivos. Os sintomas podem incluir inquietação, pensamento agitado, dificuldade de concentração, irritabilidade, tensão muscular e problemas de sono. Esses sintomas podem ser bastante debilitantes e interferir na vida diária.

Há muitos sinais de que você pode estar vivendo com ansiedade. Se você notar algum deles, é importante consultar um médico ou um profissional de saúde mental para obter a ajuda que você precisa. Muitas pessoas tentam lidar com a ansiedade por conta própria, mas isso pode ser difícil. Se os sintomas forem graves ou persistirem por um longo tempo, pode ser útil procurar ajuda profissional. Por exemplo, uma psicoterapia, onde com a ajuda de um terapeuta, você pode entender e lidar com a sua ansiedade.


Uma pessoa caminhando na rua
Sinais que você pode estar vivendo com ansiedade.


O que é ansiedade?

Ansiedade é um termo geral que se refere a uma variedade de condições de saúde mental. Essas condições podem incluir desde o transtorno obsessivo-compulsivo (TOC) a ataques de pânico. Os transtornos de ansiedade podem ser muito perturbadores para a vida de uma pessoa e muitas vezes podem causar sofrimento considerável.

Ansiedade e estresse são duas das preocupações de saúde mental mais comuns na sociedade atualmente. Embora muitas vezes ocorram juntos, eles são, na verdade, duas coisas diferentes. A ansiedade é um sentimento de preocupação ou medo que pode ser leve ou grave. Enquanto o estresse é a resposta física e emocional a eventos que nos causam pressão.

Todos experimentam ansiedade e estresse em algum momento de suas vidas, mas para algumas pessoas esses sentimentos podem ser constantes e avassaladores. Deixados sem tratamento, ansiedade e estresse podem levar a outras preocupações de saúde mental, como depressão ou dependência. Além disso, pessoas com transtornos de ansiedade podem se ver evitando situações sociais ou se envolvendo em comportamentos compulsivos em um esforço para controlar seus sintomas.

Transtornos de ansiedade são comuns, no entanto, muitas pessoas com essas condições não recebem tratamento. Isso pode ser devido, em parte, ao estigma que ainda envolve problemas de saúde mental. No entanto, há um crescente reconhecimento de que os transtornos de ansiedade são condições médicas reais que requerem tratamento.


Existem vários tipos de transtornos de ansiedade, como:

- Transtorno de ansiedade generalizada (TAG): É um transtorno mental caracterizado por uma preocupação excessiva e incontrolável com uma variedade de problemas cotidianos, mesmo quando há pouca ou nenhuma evidência de perigo real. Indivíduos com TAG muitas vezes acham difícil controlar sua preocupação e podem se sentir inquietos, irritáveis e tensos a maior parte do tempo. Eles também podem ter problemas de sono, dificuldade de concentração e dores de cabeça (DATASUS, n.d.).

- Transtorno do pânico: Pessoas com transtorno de pânico experimentam episódios repentinos e intensos de medo e crises de ansiedade que podem levar a sintomas físicos, como palpitações cardíacas, falta de ar, tonturas ou dor abdominal (DATASUS, n.d.).


Quais são os sintomas da ansiedade?

Os sintomas de ansiedade podem variar muito dependendo da pessoa, mas muitas vezes incluem sentir-se tenso, nervoso ou no limite; ter problemas para dormir; sentir-se sobrecarregado ou ansioso o tempo todo; ter pensamentos sobre morte ou suicídio; e experimentar sintomas físicos como dores de cabeça, ritmo cardíaco acelerado e dificuldade em respirar. Algumas pessoas com ansiedade experimentam sintomas debilitantes que interferem significativamente na qualidade de vida. Se você estiver experimentando qualquer um dos seguintes sintomas, pode ser um sinal de que você precisa consultar um profissional de saúde mental:

  • Constante preocupação e estresse;

  • Um sentimento de pavor ou desgraça iminente;

  • Pensamentos intrusivos frequentes ou imagens que fazem você se sentir ansioso ou assustado;

  • Dificuldade em dormir ou ficar dormindo;

  • Sentindo-se no limite, inquieto ou irritável o tempo todo.

Ansiedade é um sentimento de preocupação, nervosismo ou mal-estar. Pode ser leve ou grave. Pode ser causada por estresse, medo ou evento traumático. Transtornos de ansiedade são um grupo de condições de saúde mental que envolvem ansiedade excessiva. Pessoas com transtorno de ansiedade podem ter pensamentos ou imagens intrusivas recorrentes, pensamentos obsessivos sobre coisas que temem e preocupação excessiva com eventos normais da vida cotidiana.

Existem muitos sintomas de ansiedade, e muitas vezes é difícil determinar quais significam a necessidade de ajuda profissional. No entanto, certos sinais de alerta podem sinalizar que você está lutando contra um transtorno e deve procurar apoio.


Aqui estão sete dos sinais mais comuns que apontam para um transtorno de ansiedade:

  1. Você acha difícil relaxar ou adormecer.

  2. Você experimenta sentimentos frequentes de nervosismo ou tensão.

  3. Você acha difícil se concentrar em tarefas ou conversas.

  4. Você está se preocupando excessivamente com coisas que normalmente não o incomodavam.

  5. Suas mudanças de humor são extremas, desde sentir-se extremamente feliz em um minuto até experimentar uma intensa tristeza no próximo.

  6. Você tem dificuldade em lidar com o estresse ou se sente sobrecarregado por eventos da vida.

  7. Você sente que não consegue controlar seus pensamentos ou ações.


Se você estiver enfrentando dois ou mais desses sintomas, talvez seja hora de procurar ajuda de um médico. Embora a ansiedade seja uma reação normal ao estresse, quando se torna excessiva ou interfere na vida diária, ela pode ser classificada como um transtorno de ansiedade. Pessoas com transtornos de ansiedade também podem experimentar comportamentos compulsivos como forma de aliviar os sintomas de ansiedade. Esses comportamentos incluem atividades repetitivas, como verificar as coisas repetidamente, lavar as mãos excessivamente ou contar objetos. Mesmo que esses comportamentos possam proporcionar alívio temporário dos sintomas de ansiedade, eles acabam levando a mais angústia e problemas na vida diária. Comportamentos compulsivos podem ser muito difíceis de superar sem ajuda.


O que causa ansiedade?

Não há uma causa específica da ansiedade, mas há uma variedade de fatores que podem contribuir, incluindo genética, estilo de vida e fatores ambientais. Alguns dos estilos de vida mais comuns que contribuem para a ansiedade incluem o consumo de cafeína, álcool, nicotina e hábitos alimentares pouco saudáveis.

  • A cafeína pode aumentar os níveis de ansiedade e dificultar o sono.

  • O álcool pode levar a um mau julgamento e aumentar os sentimentos de ansiedade.

  • A nicotina é um estimulante que pode causar pensamentos agitados e aumento dos níveis de ansiedade.

Além disso, comer alimentos ricos em açúcar ou carboidratos processados pode causar flutuações de açúcar no sangue que levam a sentimentos de ansiedade. Alimentos ricos em ácidos graxos ômega-6 também podem contribuir para a inflamação, que tem sido associada ao aumento dos níveis de ansiedade. É importante estar ciente dos contribuintes da ansiedade, a fim de fazer mudanças e melhorias quando necessário. Fazer pequenas mudanças pode ter um grande impacto na saúde mental geral e no bem-estar.

Além disso, existem muitas causas ambientais potenciais de ansiedade também. Algumas dessas causas são específicas para certos indivíduos, enquanto outras são mais gerais. Por exemplo, alguém que tenha experimentado um evento traumático pode ter flashbacks ou pesadelos que desencadeiam ansiedade. Por outro lado, as pessoas que vivem em sociedades de alto estresse podem ser mais propensas à ansiedade devido às constantes demandas e expectativas de seu ambiente. Algumas causas específicas de ansiedade incluem: estresse do trabalho ou da escola; problemas familiares; problemas de dinheiro ou dívida; preocupações com a saúde e experiências traumáticas. Além disso, certas substâncias (como cafeína ou álcool) podem desencadear pensamentos e sentimentos ansiosos. Fatores ambientais também podem desempenhar um papel no desenvolvimento do transtorno do pânico e da fobia social. Se você está lutando com a ansiedade, não hesite em pedir ajuda. Há diversos recursos disponíveis, sendo que o melhor pra você irá depender de alguns fatores, além disso, não há vergonha em procurar ajuda.

Qual é o tratamento para a ansiedade?

O tratamento para ansiedade é normalmente adaptado ao indivíduo. No entanto, existem várias abordagens gerais que podem ajudar a aliviar os sintomas.

Uma dessas abordagens é a psicoterapia. A psicoterapia é uma forma de terapia de conversa que ajuda as pessoas a entender as causas profundas de sua ansiedade. Também pode ajudá-los a aprender a gerenciar sua ansiedade de forma mais saudável.

O tratamento psicanalítico também pode ser um caminho a seguir. A psicanálise é um tipo de terapia que se concentra na compreensão e resolução de conflitos inconscientes que estão causando problemas na vida de alguém. Pode ser útil para pessoas com transtornos de ansiedade porque ajuda a entender os pensamentos e sentimentos que estão impulsionando sua ansiedade. A psicanálise também ensina as pessoas a lidar com emoções e pensamentos difíceis, o que pode ajudá-las a gerenciar seus sintomas de ansiedade.

Existem muitas maneiras de melhorar sua saúde mental e bem-estar geral. Um passo importante é garantir que você se cuide fisicamente - coma uma dieta saudável, faça exercícios regularmente e durma o suficiente.

Conclusão

A saúde mental é frequentemente vista como um tema tabu na sociedade. As pessoas hesitam em falar sobre isso e, como resultado, muitas sofrem em silêncio. Isso é particularmente verdadeiro quando se trata de sintomas de ansiedade. A ansiedade pode ser isolante e embaraçosa, então as pessoas muitas vezes relutam em procurar ajuda.

No entanto, há uma crescente conscientização sobre a importância da saúde mental e seu impacto na vida das pessoas. Cada vez mais, as pessoas reconhecem que uma boa saúde mental é essencial para o bem-estar geral. E isso não se limita apenas aos indivíduos — as empresas também estão percebendo a importância da saúde mental no local de trabalho.

Se você está percebendo algum dos sinais mencionados acima, é importante consultar um médico ou um profissional de saúde mental. Isso ajudará você a obter o tratamento que você precisa e a viver uma vida melhor.

Referência:

DATASUS. (n.d.). F40-F48 Transtornos neuróticos, transtornos relacionados com o “stress” e transtornos somatoformes. http://www2.datasus.gov.br/cid10/V2008/WebHelp/f40_f48.htm



0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments


Commenting has been turned off.
bottom of page